REFLEXÃO/HOMILIA PARA SEGUNDA-FEIRA DA 18ª SEMANA DO TEMPO COMUM

ABUNDÂNCIA DIVINA EM MEIO À ESCASSEZ

Primeira Leitura: Números 11,4-15
Salmo Responsorial: Sl. 80(81),12-17
Evangelho: Mateus 14,13-21
________________________________________

Nossa época é frequentemente caracterizada por um desequilíbrio entre escassez e abundância – de recursos, tempo e, às vezes, esperança, a ponto de nossos instintos humanos nos levarem a buscar o que nos falta, a ansiar pelos confortos familiares e a nos fixar em nosso imediato. desejos. As leituras de hoje se encontram em um ponto de convergência para explorar a interação entre nossa escassez percebida e a abundância ilimitada que pode fluir de uma confiança inabalável em Deus.

A partir da primeira leitura do livro de Números, vemos os israelitas vagando pelo deserto e encontrando-se descontentes, apesar de sua milagrosa libertação do Egito. Suas queixas revelam uma visão míope, onde a escassez de certos alimentos ofusca a liberdade abundante que lhes foi concedida. Em seu desejo, eles negligenciam o Deus que os conduziu a este ponto e pode sem dúvida prover para eles. Quantas vezes nos encontramos tão obcecados por nossos desejos, negligenciando a abundância de bênçãos que nos cercam?

E em consonância, o salmista nos chama a abrir bem a boca, um convite para receber o alimento divino que transcende o sustento físico. Essa imagem se estende além do literal para abranger nossos corações e mentes, exortando-nos a sermos receptivos à Palavra e à orientação de Deus. O convite para seguir os caminhos de Deus sugere que a verdadeira escassez não está na carência física, mas em negligenciar o sustento espiritual que leva à satisfação.

Lançando o olhar sobre a leitura do Evangelho, capta-se um momento de abundância divina em meio à aparente escassez. Com cinco pães e dois peixes, Jesus alimenta uma multidão, destacando a natureza milagrosa de Sua provisão. O ceticismo dos discípulos reflete nossa própria tendência de duvidar da abundância divina diante da escassez. No entanto, a multiplicação das escassas ofertas de Cristo ressalta o poder ilimitado de Deus para transformar o pouco em muito.

Queridos amigos em Cristo, refletindo sobre estas leituras, a Igreja nos convida a abraçar a confiança sobre a dúvida. Quando mudamos nosso foco da escassez para a confiança, nos abrimos para a abundância divina que transcende as limitações de nossa perspectiva humana.

É verdade que o conceito de escassez pode se manifestar de várias formas — física, emocional ou espiritual. No entanto, a mensagem dessas passagens é clara: mesmo diante da escassez, a abundância de Deus não está apenas presente, mas é capaz de nos transformar. Nosso papel é cultivar uma confiança que transforma nossas parcas ofertas em vasos para a multiplicação divina. Assim como os cinco pães e dois peixes se tornaram um banquete para milhares, nossa disposição de confiar pode abrir as comportas da graça e provisão divinas.

Ao viajarmos pelo deserto dos desafios da vida, lembremo-nos de que a abundância divina não é limitada pela escassez. Quando confiamos na providência de Deus e nos abrimos à Sua orientação, nossas limitações percebidas podem se tornar terreno fértil para milagres. O convite está diante de nós para mudar nosso olhar da escassez para a confiança e, ao fazê-lo, testemunhar as extraordinárias manifestações da abundância divina que nos aguardam, mesmo em meio às circunstâncias mais desafiadoras.

(CLIQUE AQUI PARA A REFLEXÃO DO PRÓXIMO DIA: REFLEXÃO/HOMILIA PARA MEMÓRIA DE ST. DOMINIGO, SACERDOTE E FUNDADOR DA ORDEM DOS PREGADORES)

Shalom!
© Pe. Chinaka Justin Mbaeri, OSJ
Paróquia Nossa Senhora de Loreto, Vila Medeiros, São Paulo, Brasil
nozickcjoe@gmail.com / fadacjay@gmail.com

__________________________
Já rezaste o teu terço hoje?

NEVER MISS AN UPDATE AGAIN.

Subscribe to latest posts via email.


Chinaka Justin Mbaeri

A staunch Roman Catholic and an Apologist of the Christian faith. More about him here.

View all posts
Subscribe
Notify of
guest

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Discover more from Fr. Chinaka's Media

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading