REFLEXÃO/HOMILIA PARA QUARTA-FEIRA DA 18ª SEMANA DO TEMPO COMUM

FÉ PERSISTENTE E CONFIANÇA NA PROVIDÊNCIA DE DEUS

Primeira Leitura: Números 13,1-2;25-14,1,26-29,34-35
Salmo Responsorial: Sl. 105(106),6-7,13-14,21-23
Leitura do Evangelho: Mateus 15,21-28
_____________________________________________

Em tempos de provações e desafios, torna-se cada vez mais evidente que a fé e a confiança em Deus desempenham um papel crucial na navegação pelas águas turbulentas da vida. As leituras de hoje se relacionam com o tema da fé inabalável e da confiança inabalável em Deus, mostrando como elas podem levar à queda ou ser a luz que nos guia nos momentos mais sombrios.

A Primeira Leitura de Números narra a jornada dos israelitas enquanto enfrentavam a difícil tarefa de explorar a Terra Prometida. Apesar de serem testemunhas dos feitos milagrosos de Deus, a falta de fé persistente de alguns deles levou a uma espiral de dúvida e desespero. Eles duvidaram da providência de Deus e perderam de vista Suas promessas, pensando que Deus não os conduziria à terra prometida porque se sentiam impotentes diante do povo da terra. Como resultado, eles foram atormentados por maldições e danos, presos em um ciclo de negatividade que os impediu de chegar à terra prometida cheia de leite e mel.

Em total contraste, a leitura do Evangelho apresenta o relato inspirador da mulher cananéia que se aproximou de Jesus em busca de cura para sua filha. Sua história é uma ilustração vívida do poder da fé persistente. Apesar de enfrentar resistência inicial, ela se apegou à sua crença na compaixão e na capacidade de cura de Jesus. Sua fé viva e inabalável levou Jesus a conceder seu pedido, trazendo cura, avanço e bênção para sua família. Essa narrativa comovente serve como um lembrete de que a fé persistente pode romper barreiras e abrir portas para bênçãos.

Refletindo sobre os Salmos, encontramos um chamado a recordar os grandes feitos do Senhor ao longo da história. Isso serve para lembrar que, mesmo diante das provações e dificuldades, é fundamental recordar os momentos em que a fé triunfou sobre a adversidade. Isso se relaciona com a falta de fé dos israelitas que não se lembraram dos feitos do Senhor, mas se sentiram impotentes diante dos habitantes da terra prometida. As palavras do salmista servem como fonte de força e encorajamento, reforçando a crença de que a providência de Deus permanece firme mesmo em meio aos desafios.

Queridos amigos em Cristo, as leituras destacam o impacto da fé persistente e da confiança na providência de Deus. A falta de fé inabalável dos israelitas levou a consequências terríveis, enquanto a crença tenaz da mulher cananéia trouxe bênçãos além da medida. Essas histórias nos encorajam a cultivar e nutrir nossa própria fé, especialmente em tempos de dificuldade. Assim como uma pequena semente pode se transformar em uma árvore poderosa com paciência e cuidado, nossa fé também pode florescer quando a nutrimos persistentemente. Ao ancorar nossa confiança nas imutáveis promessas de Deus, podemos enfrentar as tempestades da vida e emergir mais fortes, mais sábios e mais abençoados do que antes.

(CLIQUE AQUI PARA A REFLEXÃO DO PRÓXIMO DIA: REFLEXÃO/HOMILIA PARA A FESTA DE S. LOURENÇO, DIÁCONO E MÁRTIRO)

Shalom!
© Pe. Chinaka Justin Mbaeri, OSJ
Paróquia Nossa Senhora de Loreto, Vila Medeiros, São Paulo, Brasil
nozickcjoe@gmail.com / fadacjay@gmail.com

__________________________
Já rezaste o teu terço hoje?

NEVER MISS AN UPDATE AGAIN.

Subscribe to latest posts via email.


Chinaka Justin Mbaeri

A staunch Roman Catholic and an Apologist of the Christian faith. More about him here.

View all posts
Subscribe
Notify of
guest

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Discover more from Fr. Chinaka's Media

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading