HOMILIA/REFLEXÃO PARA SEXTA-FEIRA DA DÉCIMA SEGUNDA SEMANA DO TEMPO COMUM

A INTERVENÇÃO ATIVA DE DEUS EM NOSSAS VIDAS E SUA CAPACIDADE DE TRAZER MUDANÇAS POSITIVAS

Primeira Leitura: Gênesis 17:1,9-10,15-22
Salmo Responsorial: Sl. 127(128),1-5
Leitura do Evangelho: Mateus 8,1-4
_______________________________________

Na vastidão da história humana, há histórias que ecoam pelos corredores do tempo, convidando-nos a contemplar a profundidade da intervenção ativa de Deus em nossas vidas. Essas histórias servem como lembretes eternos de Sua capacidade de provocar mudanças positivas, mesmo nas circunstâncias mais improváveis. Esses momentos permanecem como faróis, iluminando o caminho que trilhamos e nos lembrando do notável poder e graça de nosso Criador. Hoje, vamos embarcar em uma jornada que entrelaça as narrativas de Abraão e Sara e o encontro de Jesus com o leproso – uma jornada que ilumina o poder transformador da intervenção ativa de Deus em nossas vidas.

Combinando a leitura do Evangelho e a primeira leitura, vemos temas de restauração, intervenção divina, relação de aliança e o papel da fé e obediência. Ambas as passagens destacam o poder de Deus para trazer cura e bênçãos na vida de Seu povo, enfatizando a importância de um relacionamento fiel com Ele. Em outras palavras, na leitura do Evangelho (Mateus 8,1-4), Jesus cura um leproso que se aproxima Dele com fé e humildade. Este ato de cura traz uma restauração física, libertando o leproso de sua aflição e restaurando-o a um estado de integridade. Da mesma forma, na Bênção de Abraão e Sara na Primeira Leitura (Gênesis 17:1,9-10,15-22), Deus lhes promete descendentes e os abençoa com a capacidade de conceber um filho na velhice. Essa bênção milagrosa traz uma restauração de sua saúde reprodutiva, superando a esterilidade que afligia Sara. Ambas as instâncias destacam o poder de Deus para restaurar a saúde e trazer integridade física. Em ambas as passagens, testemunhamos a intervenção divina na vida dos indivíduos. Em Mateus 8, Jesus estende Seu toque compassivo para curar o leproso, mostrando Sua autoridade divina e capacidade de trazer transformação. Em Gênesis 17, Deus inicia uma aliança com Abraão e Sara, prometendo-lhes bênçãos e cumprindo Seu plano divino por meio de suas vidas. Ambas as instâncias enfatizam o envolvimento ativo de Deus na vida de Seu povo, demonstrando Sua capacidade de intervir e trazer mudanças positivas. Além disso, a cura em Mateus 8 pode ser vista como uma expressão da relação de aliança entre Deus e Seu povo. Ao curar o leproso, Jesus demonstra Seu papel como o cumprimento da aliança e a personificação das promessas de Deus. Da mesma forma, a Bênção de Abraão e Sara em Gênesis 17 é uma expressão da aliança de Deus com eles, prometendo bênçãos, descendentes e um relacionamento especial com Ele. Ambas as instâncias destacam o significado do relacionamento do convênio e as bênçãos que dele decorrem. Além disso, em ambas as passagens, a fé e a obediência desempenham um papel crucial. O leproso em Mateus 8 se aproxima de Jesus com fé, reconhecendo Sua autoridade e capacidade de curar. Este ato de fé é recebido com cura e restauração. Da mesma forma, Abraão e Sara demonstram sua fé e obediência aceitando a aliança de Deus e seguindo Suas instruções. Sua disposição de confiar e obedecer a Deus leva ao cumprimento das bênçãos prometidas a eles. Ambos os exemplos ilustram a importância da fé e da obediência ao experimentar a cura e as bênçãos de Deus.

Da mesma forma, o Salmo Responsorial, Sl. 127(128),1-5, enfatiza ainda mais as bênçãos que advêm de viver em obediência aos mandamentos de Deus. Fala da felicidade e da prosperidade experimentadas por aqueles que temem ao Senhor, andam em Seus caminhos e vivem de acordo com Seus estatutos. O salmo retrata uma visão da família e comunidade ideais, enraizadas no temor de Deus e na fiel observância de Seus mandamentos.

Queridos amigos em Cristo, essas duas histórias – a jornada de esperança de Abraão e Sara e o encontro do leproso com Jesus – convergem para a verdade central de que Deus está ativamente presente em nossas vidas, pronto para trazer mudanças positivas mesmo quando as circunstâncias parecem terríveis e sem esperança. Eles nos convidam a refletir sobre o poder da fé, a entrega à vontade de Deus e as formas insondáveis como Ele tece Seus planos na tapeçaria de nossas vidas. O encontro entre Jesus e o leproso nos ensina que a intervenção ativa de Deus vai além da cura física. Abrange a cura de quebrantamento, a restauração de relacionamentos e a renovação de nosso ser mais íntimo. Jesus nos toca no mais profundo de nossa dor e isolamento, transformando nossas feridas em fontes de compaixão e empatia. Seu toque traz limpeza, tanto física quanto espiritual, libertando-nos das correntes que nos prendem e restaurando-nos a uma vida de plenitude.

Acima de tudo, enquanto navegamos pelas tempestades da vida, Deus tece uma grande narrativa de esperança, redenção e restauração. Que possamos abrir nossos corações à Sua intervenção ativa, permitindo que Seu toque transformador permeie todos os aspectos do nosso ser. Que nossas vidas se tornem testemunhos de Seu poder para trazer mudanças positivas, inspirando outros a acreditar nas possibilidades ilimitadas que nos aguardam quando colocamos nossa confiança nas mãos do Divino.

(CLIQUE AQUI PARA VER A REFLEXÃO DO PRÓXIMO DIA: REFLEXÃO/HOMILIA PARA SÁBADO DA DÉCIMA SEGUNDA SEMANA DO TEMPO COMUM)

Shalom!
© Pe. Chinaka Justin Mbaeri, OSJ
Paróquia Nossa Senhora de Loreto, Vila Medeiros, São Paulo, Brasil
nozickcjoe@gmail.com / fadacjay@gmail.com

 

NEVER MISS AN UPDATE AGAIN.

Subscribe to latest posts via email.


Chinaka Justin Mbaeri

A staunch Roman Catholic and an Apologist of the Christian faith. More about him here.

View all posts
Subscribe
Notify of
guest

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Discover more from Fr. Chinaka's Media

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading