HOMILIA/REFLEXÃO PARA QUINTA-FEIRA DA DÉCIMA SEGUNDA SEMANA DO TEMPO COMUM

CONSTRUINDO NOSSA FÉ SOBRE A ROCHA SÓLIDA DE CRISTO

Primeira Leitura: Gn 16,1-12.15-16
Salmo Responsorial: Sl. 105(106),1-2.3-4a.4b-5 
Leitura do Evangelho: Mateus 7,21-29
_____________________________________________

Já faz algum tempo que ouvimos o Sermão da montanha de Cristo. Hoje, ao concluir seu sermão, ele nos encoraja não apenas a ouvir suas palavras, mas também a agir de acordo com elas. Para Jesus, quando agimos em suas palavras; isto é, colocando-os em prática, nos firmamos nele, a rocha sólida (alicerce) de nossa vida espiritual.

Lembrando as palavras de Cristo no evangelho de Hoje (Mt 7,21-29): “Portanto, todo aquele que ouve estas minhas palavras e as pratica será como um homem sensato que construiu a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, subiram as enchentes, sopraram os vendavais e se lançaram contra aquela casa, e ela não caiu: estava edificada sobre a rocha. Mas todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será como um homem estúpido que construiu sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, aumentaram as enchentes, sopraram vendavais e atingiram aquela casa, e ela caiu; e que queda teve!” Da mesma forma, a primeira leitura (Gn 16,1-12.15-16) nos mostra um exemplo de como a falta de paciência, confiança e obediência pode levar a consequências negativas. No relato de Agar, vemos as consequências da impaciência e da tentativa de resolver as situações à nossa maneira (como construindo a casa na areias), em vez de confiar em Deus (a rocha firme). No entanto, mesmo em meio às consequências de nossas falhas, Deus continua sendo fiel e misericordioso. Nossa fé deve ser fundamentada na escuta atenta da Palavra de Deus e na busca por viver de acordo com ela. Precisamos construir nossa vida sobre a rocha sólida que é Jesus Cristo, confiando em Sua sabedoria e seguindo Seus ensinamentos. Somente assim seremos capazes de resistir aos ventos e tempestades da vida.

Aparentemente, ouvimos e vimos casos de estruturas/prédios desabados durante a construção ou logo após a construção, e às vezes também afetando outras vidas e propriedades ao redor, devido aos materiais de construção ruins, resultando em uma fundação fraca, ou construindo a estrutura no local errado onde não deveria ter sido construído inicialmente, do qual, após sofrer erosão ou forte tempestade, etc., desmorona prontamente. O mesmo se aplica à nossa vida espiritual também. Se não vivermos a Palavra de Deus que ouvimos diariamente, então estaremos descansando em uma base fraca (areia movediça), caminhando para um colapso espiritual em tempos de adversidades, provações, tribulações, etc., e provavelmente afetando a vida espiritual daqueles ao nosso redor. O inverso seria o caso se colocássemos a Palavra de Deus em prática; aqui estaríamos estabelecidos em Cristo, a Rocha Sólida, e permaneceríamos firmes no tempo de adversidades e provações.

Que hoje possamos refletir sobre a maneira como estamos construindo nossa vida espiritual. Estamos verdadeiramente colocando em prática as palavras de Jesus? Estamos construindo nossa fé sobre a rocha sólida da obediência a Ele? Que o Espírito Santo nos fortaleça e nos guie nesse processo, para que possamos ser discípulos autênticos e testemunhas vivas do amor de Deus.

(CLIQUE AQUI PARA VER A REFLEXÃO DO PRÓXIMO DIA: REFLEXÃO/HOMILIA PARA SEXTA-FEIRA DA DÉCIMA SEGUNDA SEMANA DO TEMPO COMUM)

Shalom!
© Pe. Chinaka Justin Mbaeri, OSJ
Paróquia Nossa Senhora de Loreto, Vila Medeiros, São Paulo.
nozickcjoe@gmail.com / fadacjay@gmail.com
___________________________________
PS: Você já rezou o seu terço hoje?

NEVER MISS AN UPDATE AGAIN.

Subscribe to latest posts via email.


Chinaka Justin Mbaeri

A staunch Roman Catholic and an Apologist of the Christian faith. More about him here.

View all posts
Subscribe
Notify of
guest

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Discover more from Fr. Chinaka's Media

Subscribe now to keep reading and get access to the full archive.

Continue reading