REFLEXÃO/HOMILIA DO DIA: NATIVIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA – SOLENIDADE

A IMPORTÂNCIA DO NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA E NOSSA RESPONSABILIDADE CRISTÃ

Primeira Leitura: Isaías 49: 1-6
Salmo Responsorial: Sal. 138 (139): 1-3,13-15
Segunda Leitura: Atos 13: 22-26
Leitura do Evangelho: Lucas 1: 57-66,80
___________________________________

De acordo com nossa tradição católica, celebramos os dias de festa (ou seja, a data da morte) de todos os santos, e não seus aniversários; no entanto, apenas os aniversários de três pessoas são celebrados liturgicamente – Nosso Senhor Jesus Cristo no Natal (25 de dezembro), João Batista (24 de junho) e a Bem-aventurada Virgem Maria (8 de setembro), em grande parte por causa de seu significado em nossa história de salvação. A celebração de hoje da solenidade do nascimento (natividade) de São João Batista lança uma luz sobre esse significado, a saber: João Batista era conhecido como o precursor de Cristo. Ele foi o último dos profetas do Antigo Testamento e experimentou o “martírio” enquanto testemunhava a Verdade. Muitos de nós conhecemos as circunstâncias em que ele nasceu – nascido de pais idosos (milagrosamente); ele procurou a alegria no ventre de sua mãe imediatamente e ouviu as saudações da Mãe de Deus – a Virgem Maria (cf. Lc 1, 39-45); De João Batista, Cristo disse: de todos os homens nascidos de mulher, nenhum é maior que João Batista (cf. Mt 11.11; Lc 7:28). O nascimento de João Batista foi uma bênção para seus pais e para a humanidade. Primeiro, por parte de sua mãe, Elizabeth, que era vista publicamente como uma mulher estéril e, por implicação, sob uma maldição. Mas com o nascimento de João Batista, tornou-se pertinente para todos saberem que, ela não era mais amaldiçoada, mas uma mulher abençoada e milagrosamente favorecida por Deus, que pode fazer todas as coisas. Além disso, o nascimento de João Batista também foi uma recompensa de Deus para Zacarias, como o anjo lhe disse: “Ele será para ti motivo de gozo e alegria” (Lc 1:14). Foi também para Zacarias, o cumprimento da promessa divina, especialmente quando ele recuperou seu discurso para confirmar o nome do menino: “João é o seu nome”, como lemos na leitura do evangelho de hoje. Da mesma forma, o nascimento de João Batista trouxe alegria e conversão à humanidade, como predito pelos lábios do anjo: “muitos se alegrarão com o seu nascimento; porque será grande diante do Senhor e não beberá vinho nem licor, e desde o ventre de sua mãe será cheio do Espírito Santo; ele converterá muitos dos filhos de Israel ao Senhor, seu Deus, e irá adiante de Deus com o espírito e poder de Elias para reconduzir os corações dos pais aos filhos e os rebeldes à sabedoria dos justos, para preparar ao Senhor um povo bem disposto” (Lc. 1: 14-17). Portanto, seu nascimento foi realmente muito significativo, pois contribuiu para a nossa história de salvação. Por esse motivo, a Igreja, em sua sabedoria e guiada pelo Espírito Santo, celebra seu nascimento em 24 de junho, apenas seis meses antes do nascimento de nosso Salvador, Jesus Cristo.

Na primeira leitura, ouvimos do profeta Isaías: “O Senhor chamou-me antes de eu nascer, desde o ventre de minha mãe ele tinha na mente o meu nome […]  aos olhos do Senhor esta é a minha glória. Disse ele: ‘Não basta seres meu Servo para restaurar as tribos de Jacó e reconduzir os remanescentes de Israel: eu te farei luz das nações, para que minha salvação chegue até aos confins da terra.’” É possível dizer que essa profecia reflete espiritualmente o chamado e a missão de João Batista antes que ele fosse formado no ventre de sua mãe; e, como afirmado anteriormente, ele trará de volta muitos dos israelitas ao Senhor, seu Deus. Com o espírito e o poder de Elias, ele irá diante dele para reconciliar pais com seus filhos e desobedientes ao bom senso dos retos, preparando para o Senhor um povo adequado para ele.

O fato de uma referência explícita ter sido feita a São João Batista na segunda leitura mostra a importância e o significado de João Batista na comunidade cristã primitiva, em relação à sua vida de humildade e serviço a Cristo. Nas palavras de Paulo: “Estando para terminar sua missão, João declarou: ‘Eu não sou aquele que pensais que eu seja! Mas vede: depois de mim vem aquele, do qual nem mereço desamarrar as sandálias.’” A leitura do evangelho mostra a cerimônia de nascimento e nome da criança. Aqui, a graça de Deus foi revelada ao mundo através do nome dado à criança, “João” (Deus é gracioso). Enquanto Zacarias, seu pai recuperou o dom da fala ao nomear seu filho, todos os que ouviram falar dela o valorizaram em seus corações. ‘O que essa criança será?’, Eles se perguntavam. E, de fato, a mão do Senhor estava com ele. Pode-se dizer que essa ‘maravilha’ do ser de João Batista é um reflexo da expressão do salmista na leitura de hoje: “Agradeço pela maravilha do meu ser, pelas maravilhas de toda a sua criação”.

Queridos amigos em Cristo, em uma sociedade pós-moderna onde parece que a luz de Cristo está obscurecida; somos chamados a contemplar a pessoa de João Batista que preparou o caminho para o Senhor e prestou testemunho dessa única Luz verdadeira – nosso Senhor Jesus Cristo (cf. Jo 1, 6-8). Todos somos convidados a refletir e prestar testemunho dessa Luz de Cristo, trazendo verdadeira conversão ao mundo e possessão radical do Reino dos céus: “Desde a época de João Batista até o presente, o Reino dos Céus sofre violência e são os violentos que procuram tomá-lo” (Mateus 11:12). Assim, desde que João Batista foi o primeiro a pregar o arrependimento; portanto, a partir desse dia em diante, pode-se dizer que o reino dos céus sofre violência, e os violentos a tomam à força. Aqui, falamos sobre a disponibilidade do Reino dos Céus para todos, mas o bônus está nas mãos de cada pessoa para pegá-lo radicalmente, aproveitá-lo, segurá-lo (que é a violência)! É a herança de cada pessoa. Em última análise, cabe a você, e se você realmente quiser, Deus te ajudará a adquiri-lo. Pois grande é a violência, quando nós que nascemos deste mundo, buscamos um lugar no céu e obtemos por justiça o que não temos por natureza.

Shalom!
© Pe. Chinaka Justin Mbaeri, OSJ
Paróquia Nossa Senhora de Fátima, Vila Sabrina, São Paulo, Brasil
nozickcjoe@gmail.com / fadacjay@gmail.com
+5511983250125

NEVER MISS AN UPDATE AGAIN.

Subscribe to latest posts via email.


Chinaka Justin Mbaeri

A staunch Roman Catholic and an Apologist of the Christian faith.

View all posts
Subscribe
Notify of
guest

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

1 Comment
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
editor
Editor
editor
5 months ago

Obrigado

1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x